Pro Bono

Núcleo de Oficinas de Trabalho do Cândido Ferreira é uma das Instituições beneficiadas pelos voluntários estrangeiros do 3M Impact.

Posted On junho 22, 2018 at 8:51 pm by / No Comments

Inglaterra, Irlanda, África do Sul, Alemanha, Panamá, Canadá e Sri Lanka e Austrália. Não, não estamos falando de Copa do Mundo. Esses são países de origem de um time do bem da multinacional 3M que por quinze dias esteve em Campinas para realizar trabalho voluntário em três instituições da região. São todos participantes do programa 3M Impact que incentiva o uso de conhecimentos e habilidades dos funcionários para solucionar problemas em missões voluntárias pelo mundo.

A Associação Cornélia Vlieg, que administra o Armazém das Oficinas em conjunto com o
Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira, é uma das Instituições beneficiadas e está recebendo os voluntários estrangeiros. Um time de especialistas, que está realizando uma assessoria para Design de Produtos, Planejamento de Produção e Planejamento Comercial.

Para a Instituição é uma oportunidade de muita troca, que certamente resultará em crescimento e ganhos mútuos. Todo esse trabalho foi viável graças as organizações Phomenta e Pyxera Global, que conhecendo a seriedade e representatividade do projeto social, viabilizaram a ação.

“Por meio da Phomenta, nós fomos apresentados para a Pyxera, que é uma organização internacional que promove associação entre grandes empresas e projetos sociais respeitados e que possui uma projeção na sua área de atuação. Os voluntários trabalham de uma forma incansável buscando soluções que modifique a forma do projeto. Eles têm demonstrado soluções para nossas necessidades. ” Afirma Carlos Barbosa Diretor da Associação Cornélia.

Ao todo o grupo é formado por 12 funcionários de 9 nacionalidades. Eles foram divididos entre três Instituições: Associação Cornélia, Fundação Eufraten e Serviço Social Nova Jerusalém. Vindos de unidades da 3M de 10 países diferentes, no dia a dia eles trabalham nas áreas de vendas, marketing, jurídica, manufatura, serviço técnico, pesquisa & desenvolvimento ou engenharia.

“É um programa de desenvolvimento pessoal, que proporciona uma vivência em outros países, resolvendo problemas sociais, compartilhando seus talentos e conhecimentos para ajudar a fazer a diferença, além de estimular a criatividade e o trabalho em equipe”, detalha Mara Fioravante, presidente do Instituto 3M.

Os voluntários estão desenvolvendo um processo para se aplicar no trabalho da Associação Cornélia. Segundo uma das voluntárias, eles estão trabalhando para criar processos e uma metodologias de design de produtos para que a Instituição possa ter novas ideias a partir do mercado.

“A gente está trazendo algumas ferramentas que vão ajudar nas  ideias e conhecimentos sobre o que produzir, quais produtos vender mais, ou como aumentar o preço de quais produtos, enfim, são possibilidades para tomar decisões comerciais a partir de dados que a Associação já tem aqui e aí, por fim, vamos deixar algumas orientações e sugestões de como comercializar os bons produtos que já são feitos, seja para revendedores ou consumidores finais”, explica a voluntária do Panamá, Patrícia Escobar.

Para Cleusa Cayres, Coordenadora do projeto do Núcleo de Oficinas de trabalho, tem sido duas semanas bastante intensas, de bastante trabalho, mas muito gratificante. “Superou as minhas expectativas de trabalho, e foram vários desafios, a questão do idioma que é diferente, um trabalho de muito aprendizado. Eles têm nos dado previas da apresentação final e a gente está muito feliz com esse legado que eles vão nos deixar ”, afirma a Coordenadora.

Além das expectativas superadas na Instituição, o impacto que causou tanto para o projeto do Núcleo de Oficinas de Trabalho – que será reformulado e também será um divisor de águas super positivo -, para os voluntários também teve um impacto e eles nos contam que ficaram bastante sensibilizados.

“Para mim, acho que o que mais me tocou foi ver o sucesso da Associação Cornélia e conhecer o trabalho de inclusão social que é feito aqui. Fiquei impressionada com os resultados do trabalho artesanal unido à terapia, principalmente sabendo do histórico da Associação e dos desafios pelos quais passaram. É muito legal ver que os produtos que são feitos, além de serem artesanais, são sustentáveis, o desperdício para fazer os produtos é mínimo, são produtos exclusivos, são coisas que estão na moda, tem produto para todo mundo, não é só uma coisa que eu vou segurar ou deixa parada em algum lugar como material de escritório. Tem os serviços também, tem a comida incrível do restaurante, tem o buffet, eu fico muito impressionada como conseguem fazer aqui, usando a terra daqui de vocês, sem nenhum desperdício ”, comenta a voluntária Laura Wismer, do Canadá.

Os voluntários ficaram em Campinas por 15 dias, retornando a seus países de origem no domingo, 17 de junho, apresentando os trabalhos em 15 de junho e demonstrando as conclusões do trabalho realizado na Associação Cornélia.

Sobre a PHOMENTA

A PHOMENTA tem o objetivo de conectar e capacitar quem está disposto a fazer a diferença. O instituto atua transversalmente em três frentes, impactando investidores, projetos sociais e voluntários. Para cada um destes públicos, a Phomenta identifica e minimiza as barreiras que os impedem a agir de forma mais eficiente e constante por uma sociedade mais justa.

Na primeira frente de trabalho, a Phomenta atua trazendo credibilidade e transparência para quem quer investir, sejam pessoas físicas ou jurídicas. Os investidores são conectados apenas com projetos sociais auditados e curados a partir dos critérios de solidez, qualidade da gestão, transparência e potencial de impacto.

Para o segundo público, os projetos sociais, os benefícios extrapolam as possibilidades de conexão com investidores de alto impacto: a Phomenta também realiza um diagnóstico que ajuda os projetos a identificarem seus principais pontos fortes e fracos relativos à gestão. Assim, é possível tangibilizar que tipo de competências técnicas estão deficitárias, mas poderiam agregar para a organização. A partir daí a Phomenta passa a ser uma ponte entre as organizações e voluntários pro bono, dispostos a fazer a diferença.

Por fim, a Phomenta também direciona atenção aos voluntários pro bono, ou seja, aqueles que disponibilizam gratuitamente uma competência profissional a serviço de uma causa.

Sobre a PYXERA

Com a experiência de 25 anos em desenvolvimento sustentável internacional multissetorial em 90 paises nos 5 continentes. Possui um time de mais de 100 funcionários em todo o mundo e uma extensa rede de parceiros.

A Pyxera tem o objetivo simples que é: enriquecer vidas e meios de subsistência em todo o mundo, inclusive de forma sustentável.

Com a missão de reinventar como os interesses públicos, privados e sociais convergem para enfrentar os desafios globais.

As iniciativas globais da PYXERA incluem uma ampla gama de serviços, desde o desenvolvimento de conteúdo, programas Pro Bono globais e esforços integrados de desenvolvimento comunitário que transformam vidas e meios de subsistência.

Sobre o Instituto 3M

O Instituto 3M de Inovação Social é uma organização idealizada pela 3M do Brasil e visa contribuir para a transformação social do Brasil promovendo o empreendedorismo das futuras gerações, fundamentado em valores éticos, de cidadania e de sustentabilidade. A missão do Instituto 3M, fundado há 12 anos, é atuar na descoberta de tecnologias sociais e no desenvolvimento de programas próprios e em parcerias com foco na formação de nossas futuras gerações para empreendedorismo. Para mais informações, acesse: www.instituto3m.org.br

Sobre a 3M

Na 3M, aplica-se a ciência de forma colaborativa para melhorar vidas diariamente. Com cerca de 91 mil funcionários conectados com clientes em todo o mundo e mais de 55 mil itens de produtos inovadores para diferentes mercados, a 3M atingiu US$ 31,7 bilhões em vendas globais em 2017. No Brasil, o Grupo 3M conta com cinco fábricas instaladas no Estado de São Paulo, que compõem a 3M do Brasil, além das empresas 3M Manaus, instalada no Amazonas e a Capital Safety, que opera no Paraná. Em 2017, alcançou faturamento bruto de R$ 3,8 bilhões no País, onde conta com cerca de 3.400 funcionários. Conheça as soluções criativas no site www.3M.com.br e cadastre-se para receber as notícias em http://news.3m.com/pt-br.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *