COM APORTE FINANCEIRO, HORTA ORGÂNICA DO ARMAZÉM DAS OFICINAS AUMENTA SUA PRODUÇÃO E PROMOVE SIGNIFICATIVO IMPACTO SOCIAL.

Cerimônia de assinatura de convênio aconteceu em 07 de Fevereiro no Casarão Cândido Campinas

No último dia 07 de fevereiro ocorreu a cerimônia de assinatura de convênio com a Fundação Banco do Brasil que permitirá à horta orgânica do Armazém das Oficinas incrementar sua área cultivada, passando de 7 hectares para 12 hectares. O convênio foi estabelecido junto à Associação Cornélia Vlieg, que há vinte e cinco anos foi criada dentro das estruturas do Cândido Ferreira, visando atender aos anseios dos pacientes do antigo hospital psiquiátrico e de seus familiares que buscavam melhorias na qualidade de vida, obtida por meio de atividades manuais, possibilitando a geração de renda por meio da comercialização da produção agrícola e artesanal.Estiveram presentes, representando a Fundação Banco do Brasil e o Banco do Brasil, o Sr. Jorge Augusto Pereira Scalett, o Sr. Daniel Naoki Shinozaki e a Sra. Renata Depine Grotto. Representando a Associação Cornélia Vlieg estiveram presentes o presidente, Sr. Fabio Bruno de Carvalho e a Sra. Cleusa Cayres. Representando o Serviço de Saúde Dr. Cândido Fereira, esteve presente o Sr. Sander Cavalcante de Albuquerque. Foi registrada a presença de representante da ANC, Sr. Fabio Santos.

A criação da Horta Orgânica foi a ação que deu origem ao modelo de oficinas de trabalho existente atualmente. Pode-se afirmar que ao iniciar as atividades da horta orgânica, houve a inauguração do Núcleo de oficinas e Trabalho, o NOT.
O NOT é a associação entre o Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira e a Associação Cornélia Vlieg e atualmente acolhe pessoas que possuem algum transtorno mental ou dependência química e têm dificuldades de encontrar vagas no mercado formal de trabalho. Atualmente, o NOT atende a 300 pessoas em 12 oficinas, que por meio dos trabalhos manuais conseguem ser incluídos socialmente, ganham qualidade de vida e passam a ter um cotidiano mais equilibrado.

Quando os orgânicos ainda não eram reconhecidos
O cultivo de hortifrútis teve início em 1991 e desde o início houve o cuidado para que se evitasse o uso de substâncias que pudessem intoxicá-los direta ou indiretamente. Assim, quando o mercado nem evidenciava a questão dos orgânicos, a horta do Cândido Ferreira já praticava os princípios dessa agricultura e desde sempre ofereceu alimentos sem o uso de fertilizantes industrializados, defensivos químicos ou sementes transgênicas.

Apoio determina crescimento sustentável
Para Cleusa Cayres, gestora do Núcleo de Oficinas de Trabalho do Cândido Ferreira, o aporte significa o incentivo fundamental para a consolidação da horta orgânica, com aumento relevante na produtividade: “O convênio foi possível devido à participação no PIS – Programa de Inclusão Sócio-Produtiva da Fundação Banco do Brasil – por meio de uma chamada pública, aberta as organizações sem fins lucrativos, com foco na estruturação de atividades e empreendimentos alinhados ao tema Agroecologia, para as etapas de produção, beneficiamento e comercialização visando principalmente a inclusão socioprodutiva dos públicos priorizados pela Fundação Bando do Brasil. Ao todo, os investimentos somam mais de  R$ 450.000,00, sendo que 10% desse valor são
contrapartidas realizadas com recursos próprios. Com todo esse investimento, conseguiremos ampliar de forma significativa a área cultivada, passando dos atuais sete hectares para doze hectares, garantindo a entrega a redes de supermercados e também aos clientes finais. É importante ressaltar que as técnicas empregadas, preservam o solo, garantindo preservação e sustentabilidade.”

Cleusa-Cayres

Estrutura e capacitação estão entre as principais melhorias.
Segundo Paulo Scudilio, coordenador da oficina agrícola, que realiza o cultivo da horta orgânica, todo o investimento garantirá aprimoramento na produção: “O aporte financeiro permitirá a aquisição de equipamentos que aumentarão a produtividade, como um trator, sistema de irrigação, além de implementos agrícolas. Além disso, realizaremos o desassoreamento de uma lagoa existente, garantindo a irrigação e preservando as nascentes do terreno. Mas o diferencial de outros projetos é que conseguiremos promover cursos aos nossos trabalhadores, promovendo capacitação a fim de que eles conheçam as técnicas de plantio de orgânicos a fundo.”

Impacto social é relevante
O Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira, instituição que atua no tratamento de transtornos mentais e dependência química tem como um de seus principais objetivos, a inclusão social. De acordo com Kennia Linares Batista Oliveira, superintendente do Serviço de Saúde, o impacto social do convênio reforça a missão quase centenária do Cândido Ferreira: “O Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira e a Associação Cornelia Vlieg apostam na transformação social baseada no modelo de terapia e trabalho, visto ter se mostrado eficaz na promoção do equilíbrio psicológico e estruturação financeira dos nossos usuários.
Atualmente a horta orgânica abriga 25 trabalhadores e com todo o aporte do convênio, passará a abrigar mais 30 pessoas, possibilitando melhorias em qualidade de vida em função do perfil associado ao transtorno mental ou dependência química. Assim, pode-se afirmar que a possibilidade de mudança de vida é grande, tendo um importante ganho e impacto para nossa sociedade.

Assinatura-de-cestas-organicas

Público final também tem acesso aos hortifrútis orgânicos
Os Hortifrútis produzidos no Cândido Ferreira são comercializados em alguns supermercados, como Taquaral, Galassi de Sousas e Kushi em Sousas. Também são comercializados na própria sede do Serviço, junto à loja do Armazém das Oficinas – marca comercial dos produtos e serviços ofertados pelo Núcleo de Oficinas e Trabalho – situado na rua Helena Fabrini, s/n – Sousas.
A boa novidade é que os consumidores poderão receber os produtos fresquinhos em suas residências por meio da assinatura de cestas orgânicas pelo site. A assinatura é fácil e descomplicada, bastando que o cliente informe o tamanho da cesta (P, M e G), dia da semana e período que deseja receber sua cesta. Semanalmente, o cliente recebe sua cesta com produtos fresquinhos colhido no dia. 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *